Sou terrivelmente instável e entender as minhas reações é coisa que às vezes nem eu mesmo consigo.
- Caio F. Abreu

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

- meio do avesso

As coisas ficaram tão estranhas , os silêncios mais frequentes . Sinto como se tivessem cortado uma parte da minha vida , logo na qual fiz decisões importantes , falei coisas , pensei . Ta tudo muito meio do avesso , eu não queria ter magoado ninguém e muito menos talvez julgado ou feito algo na minha insanidades repentina , podem chegar mais perto , vou tentar ser mais eu , ou melhor ... vou tentar mostrar . Eu tenho muito medo que as pessoas me conheçam , elas as vezes são tão crués . Não os culpo pelas poucas aproximações ,e nem pela minha estranheza de quase sempre , mas também não me julguem precipitadamente , se mudei com alguém , tente ver onde erramos , onde podemos acertar , na são necessárias tantas caras feias , bastam algumas palavras , alguns abraços e está tudo resolvido . Eu sou tão meio assim boba , choro meio por tudo , tento controlar ao máximo eu juro , mas é tão complicado quando sua natureza acentua tanto seu lado tão frágio , tão vulnerável . Eu não queria ser as vezes , mas sou . Não posso mudar .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou?